You are here
Home > bio

Curriculum Artístico – Nacho Durán

www.telekommando.net/nachoduran

Biografia

Nacho Durán nasceu nas Astúrias (Espanha) e reside no Brasil desde 2001.

Produziu vários trabalhos em novas mídias que têm como elo em comum a pesquisa e experimentação com micro-cinema, interatividade, mobilidade e VJing, produzindo VJclips, documentários e vídeos experimentais para televisão, celular e internet, assim como instalações multimídia, intervenções urbanas, aplicativos, artes locativas e performance, solo ou com os coletivos TeleKommando (telekommando.net), LAT-23 (lat-23.net), feito.a.mouse, Telinha de Cinema e Minha Vida Mobile, entre outros.

Foi o criador do primeiro videoblog feito no Brasil (www.telekommando.net/videoblog), em 2003, um diário experimental online formado por vídeos curtos em loop. Desde então ministra palestras e oficinas sobre produção audiovisual experimental, mídias locativas e jornalismo 2.0 que já foram realizadas em todas as regiões do Brasil, Argentina, Bolívia, Canadá, Colômbia, Cuba, Espanha, Estados Unidos, França, México, Peru e Venezuela, em festivais, centros culturais e de inclusão digital.

Desenvolveu diversos aplicativos e sistemas para VJing e interatividade: ‘xFaces/Fachada Indiscreta’, ‘Cavername’, ‘SP_Mobile’, ‘Vedute di San Paolo Moderna’, ‘Mosaicópolis’, ‘randoX’ e ‘Visual-Log’, que são usados para performances audiovisuais ao vivo, intervenções urbanas e instalações interativas.

Recebeu o 3º prêmio no II Salão Xumucuís de Arte Digital de Belém do Pará (Brasil) pela instalação interativa “Panoramas del Sur”, em 2013; com o grupo LAT-23 ganhou o prêmio Rumos Vídeo Itau Cultural – categoria web-documentário pelo documentário, aplicativo e instalação “Cidades Visíveis” em São Paulo (Brasil), em 2009; e foi finalista do prêmio Autonomías del Desarrollo do Festival Transitio.mx em México, em 2009; com Marcus Bastos recebeu uma menção honrosa no 7° Prêmio Sergio Motta (Brasil), em 2007.

Foi júri da mostra competitiva do Festival Internacional em Mídias Móveis Arte.mov (2009, Belo Horizonte), Festival de Cinema Universitário da Bahia (2010, Salvador) e da IV Mostra de Audiovisual da UEG (2012, Goiânia), no Brasil. Desde 2011 mora em Goiânia onde coordena o Circuito de Residências em Arte, Tecnologia e Educação ‘ResTelinha’ (territoriosdoremix.org) e também é Coordenador Pedagógico do Circuito Câmera Cotidiana (cameracotidiana.com.br).

Nacho Durán (VJ TeleKommando)

Principais instalações e exposições

 

Panoramas del Sur

@ II Salão Xumucuís de Arte Digital (2013 – Belém do Pará, Brasil). Premiado en 3º lugar na mostra competitiva;

@ Circuito Arte.mov (2012 – Goiânia, Brasil);

4mobiles

@ ‘Congreso Iberoamericano de Cultura’ – Sala Vídeo 2.0 (2013 – Zaragoza, Espanha)

@ ‘Geografías Celulares’ – Fundación Telefónica (2010 – Lima, Peru);

@ ‘Geografías Celulares’ – Fundación Telefónica (2009 – Buenos Aires, Argentina);

@ ‘Movilidade em Devaneio’ – Instituto Vivo (2008 – São Paulo, Brasil);

@ ‘Além da Tela Pequena’ – Arte.mov (2007 – Belo Horizonte, Brasil);

Fachada Indiscreta

@ I Festival Reconvexo de Vídeo-projeções Mapeadas e Interativas do Recôncavo Bahiano (2013 – Cachoeira-Bahia, Brasil);

La Vela y El Ojo”, “El Tendedero”, “El Río” y “La Tomatera Y El Espejo”

@ Memorial ‘Objetos que Ignoran el Silencio’ (2012 – Pueblo Llano-Mérida, Venezuela);

Quarto ( coletivo TeleKommando)

@ ´São Paulo Mon Amour´ (2012 – São Paulo, Brasil)

@ ‘São Paulo Mon Amour’ (2010, Paris);

Desmanche (coletivo TeleKommando)

@ Salão Xumucuís de Arte Digital (2011 – Belém do Pará, Brasil);

@ ‘Corpo naturalmente’ – SESC (2010 – São José dos Campos-SP, Brasil);

@ FILE (2008 – São Paulo, Brasil);

@ Festival de Arte Digital (2007 – Belo Horizonte);

Cidades Visíveis (grupo LAT-23)

@ Rumos Itau Cultural (2011 – São Paulo, Brasil);

Cavername (coletivo Água)

@ Circuito Arte.mov (2010 – Belém do Pará, Brasil);

SP_Mobile (com Fernando Velázquez e Julià Carboneras)

@ aluCine Latin Media Arts Festival (2010 – Toronto, Canadá);

@ Festival Visual Brasil (2008 – Barcelona, España);

@ Motomix (2007 – São Paulo, Brasil);

Kandinsky by Perdizes (grupo LAT-23)

@ ‘Connecting Urban Spaces’ – Galeria Green Papaya (2009 – Manila, Filipinas);

coexistências (LAT-23)

@ Festival Transitio_MX (2009 – Ciudad de México). Indicado ao “Premio Autonomías del Desacuerdo”

2346 (grupo LAT-23)

@ Escola São Paulo (2009 – São Paulo, Brasil);

Juguetes y Memorias (com Henrique Roscoe e Patrícia Moran)

@ ‘Dialectos Digitales’ – Bicentenário de La Paz (2009 – La Paz, Bolivia);

Virtual Velázquez (com Denise Agassi)

@ Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (2009 – São Paulo, Brasil);

Desconstruindo Manu Chao

@ Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (2006 – São Paulo, Brasil);

@ ‘Bits Flexíveis’ – Museu de Imagem e do Som de São Paulo (2005 – São Paulo, Brasil);

Mosaicópolis (com Luiz Duva, Mario Ramiro, Eduardo Kac e o coletivo Arte e Intervenção Urbana)

@ Motomix (2005 – Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, Brasil);

Principais produções em vídeo

Videoartes

(Right after…) near the end of the world’ – 2013

(Right before…) near the end of the world’ – 2012

‘Ouvido Caseiro’ com Vanessa de Michelis – 2011; premiado no Festival Arte.mov 2012

‘Simpatia’ com Kelly Lima – 2011; finalista no Festival Arte.mov 2012

‘A Torre’ com Kelly Lima – 2011

‘Quarto’ com Alessandra Cestac – 2010

Fake Reality’ – 2009

‘Ommni’ – 2009

Mashups “Imigrantes”, “Pra lá de Marrakech?”, “Is it a Good Copy?”, “É uma boa cópia?” e “SpyIt” – 2007

‘4 mobiles’ – 2007

rezarP’ – 2005

Soberba’ – 2004

Documentários

‘Bonde das Panyketes’ – DJ Ghefry – 2013

‘A Era da Programação’ – Jarbas Jâcome – 2013

‘Do Áudio ao Bending’ – Azucrina Records – 2012

‘Interfaces da Era Digital: A Torre’; Kelly Lima – 2011

‘Interfaces da Era Digital: Totem Binário’; Kelly Lima – 2011

‘Clase de Cumbia’; com Vanessa de Michelis – 2011

‘VJ Torna Brasil’ – 2010

‘Bogotrax: resistencias’ – 2010

‘Se Acabó el Carnaval’ – 2010

VJclips

Caroço’ NSista – 2012

‘Red’ Phantazma – 2012

‘Qi Walking’ DJ Soul Slinger – 2011

‘Venas Abiertas’; com Vanessa de Michelis – 2011

‘Rincon-marense’ Maria Mulata; com Vanessa de Michelis – 2011

‘Que Sigan Todos Bailando’ Ion Din Anina – 2011

Demonstração’ MC Toroká – 2010

‘Dama Tereza + Cabeça de Nego’ Sabotage/Indiada Magneto – 2009

‘VJBR’ TeleKommando; com DJ Kolektor – 2009

‘Balancê’ DJ Kim Pereira – 2008

Principais participações em Festivais e Mostras

como artista, VJ, palestrante ou ministrando cursos.

no Brasil

Festival Cinema na Floresta (Alta Floresta-MT), Mostra Curta Pará Cine Brasil, Fórum Social Mundial, Circuito Arte.mov e Salão Xumucuís de Arte Digital (Belém do Pará), Festival de Arte Digital, Arte.mov e Eletrônika (Belo Horizonte), Festival de Vídeo-Projeções Mapeadas e Interativas Reconvexo (Cachoeira-BA), Festival Audiovisual Mercosul (Florianópolis), Circuito Câmera Cotidiana, Goiânia Mostra Curtas, Mostra Audiovisual UEG, Diálogos Arte&Ciência e Circuito Arte.mov (Goiânia), VJBR e Cultura Digital BR (Rio de Janeiro), Festival de Cinema de Salvador, Festival de Cinema Universitário, Arte.mov e Zona Mundi (Salvador), Festival de Cinema Latino-Americano, Mostra de Vídeo de Santo André, Mostra do Audiovisual Paulista, Festival Internacional de Linguagem Eletrônica FILE, MobileCamp, Arte.mov, AV Lab, Canvas Lab, Nokia Trends, Skol Beats, Motomix, T.E.M.P. e FILE Hipersônica (São Paulo) e Vitória Cine Vídeo (Vitória);

em América

Geografías Celulares, Festival Nueva Mirada e Muestra de Cortos Ernesto Esteban Etchenique (Buenos Aires) na Argentina; Diálogos Digitales – Bicentenario e Festival de Arte Digital (La Paz) na Bolivia; aluCine Latin Media Arts Festival (Toronto) en Canadá; Bogotrax (Bogotá), MobilityFest e equinoccio (Cali) e Patio Sonoro (Medellín) en Colombia; La Rotilla (La Habana) en Cuba; transitio.MX e mobile (DF) no México; FENACO (Cusco), Geografías Celulares (Lima) e Asim’tria (Arequipa) no Peru; Memorial ‘Objetos que ignoran el silencio’ (Pueblo Llano) na Venezuela;

na Europa

Festival Visual Brasil (Barcelona), RoadWeb.tv (Benidorm) e Congreso Iberoamericano de Cultura (Zaragoza) na Espanha; Pocket Films Festival e Sao Paulo Mon Amour (Paris) na França; Dance.Off (Belfast), na Irlanda do Norte; Festival Contrabando (Lisboa) em Portugal;

Top